“Estamos vivendo uma guerra total contra um vírus invisível”, avalia Stedile

0
1

Numa guerra, só é possível vencer um inimigo mais forte que nós se toda a população ameaçada se envolver na batalha. A tese, defendida pelo general prussiano Carl Von Clausewitz na obra Da Guerra, de 1832, foi posta em prática pelos vitoriosos vietnamitas contra os estadunidenses na Guerra do Vietnã (1955-1975).

O raciocínio se aplica à atuação de uma nação contra a pandemia do coronavírus. Foi o que defendeu João Pedro Stedile, da direção nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), em entrevista concedida, nesta quarta-feira (25), ao jornalista Leonardo Attuch, do portal Brasil 247.

Para Stedile, só é possível combater a covid-19 se todos os entes estatais e toda a população se unirem no combate à pandemia.  

“Estamos diante de uma tragédia anunciada que vai exigir de toda a população, do governo, das entidades, das igrejas, de todo mundo que tem trabalho social, uma grande união nacional, para poder derrotar (o coronavírus)”, defendeu.

Segundo a liderança sem-terra, toda a militância do MST foi orientada a seguir as recomendações de isolamento social, apresentadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). “A nossa responsabilidade é política”, destacou.  

Confira a entrevista na íntegra.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui