Josué Eraldo da Silva diz sobre materiais essenciais para reduzir o consumo de água

O setor de engenharia civil, é uma área que movimenta a economia em qualquer parte do mundo, porém é um dos setores que mais desperdiçam água.

Segundo Josué Eraldo da Silva, CEO da maior construtora de Indaiatuba/SP, a Jacitara –  ele explica que para diminuir os impactos negativos, é preciso tomar medidas sustentáveis em um canteiro de obras.

Uma medida eficiente está sobre a seleção de materiais que proporcionem essa economia direta ou a redução do uso de concreto.

Diante da experiência prática de Josué Eraldo da Silva, há muitos materiais que podem demandar o uso de água. Mas como os recursos hídricos são finitos e consequentemente possuem gastos, é necessário tomar medidas que auxiliem positivamente.

No caso do concreto, ele é o segundo insumo mais utilizado na construção e sua fabricação requer um uso excessivo de água. Acredita serem gastos em média de 160 a 200 litros de água para produção de um metro cúbico de concreto.

Ao optar por estruturas como as nervuradas é possível reduzir o uso de concreto em até 30%, diminuindo proporcionalmente o consumo de água.

Para Josué Eraldo da Silva, a implementação de um sistema de coleta de água da chuva pode gerar a redução do uso da água potável para fins que não sejam o de consumo.

Além disso, para reduzir o consumo hídrico também é possível dentro das edificações reutilizar a água cinza, aquela proveniente de lavatórios, chuveiros e máquinas de lavar roupas. Não é necessariamente para ser potável, mas sim para ser eficiente.

Investir em um sistema de captação e tratamento é o esperado, após isso, a água é direcionada para reservatórios e fica disponível para reuso em descargas, lavagem de pisos e até mesmo na irrigação de jardins, por exemplo.

Para regular o uso das torneiras nos empreendimentos e poder proporcionar de 20 à 40% em economia de água, opte por arejadores, redutores de vazão, temporizadores, sensores de uso e sistemas de pressão.

Por que não optar pela instalação de hidrômetros individuais? Será uma forma de saber quanto foi utilizado, como forma de conscientização e diminuição do consumo de água. Além disso, com a instalação de medidores individuais torna mais fácil a identificação de possíveis vazamentos.

É essencial ter biodiversidade em qualquer projeto. Para espaços verdes, dê preferência a vegetação nativa do local do empreendimento. Ela já está preparada para sobreviver nas condições climáticas do ambiente e não dependerá de um sistema de irrigação.

Também é importante a conscientização dos usuários e de todos os envolvidos em uma obra. É importante adotar ações de conscientização dos futuros e atuais usuários de água.